quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

10 coisas que não se deve fazer - No trabalho

1. Nunca transe com seu(sua) chefe depois do Happy Hour pois a obrigação vem sempre antes da diversão.

2. Casual Friday não é sinônimo de Beach Clothes Friday.

3. Os programas de mensagem instantânea e e-mail são ferramentas de comunicação fantásticas, mas ainda continua muito mais eficaz convidar seu colega que senta ao seu lado para o almoço simplesmente usando uma ferramenta muito mais antiga, sua voz. Salvo o caso do seu(sua) chefe poder ouvir e ter alguma possibilidade dele(a) aceitar o convite.

4. Por mais que você apoie reflorestamentos e restauração de ecossistemas, não comece essa iniciativa pela sua mesa de trabalho.

5. Olhar um homem ou mulher bonito(a) que trabalha com você é normal. Tocar nele(a) ou você mesmo em certas regiões assim que o(a) vir não é recomendado. Deixe para fazê-lo depois do horário de trabalho.

6. Nunca deixe de revisar seus trabalhos antes de passá-los para frente. Pode ter certeza que o único que você deixar de revisar será o que terá mais erros e causará maior prejuízo.

7. Jogar business bingo pode te ajudar a prestar mais atenção na reunião. Gritar "Bingo!" alto e sair abraçando todos presentes na reunião é um pouquinho de exagero.
Não conhece o business bingo? Clique aqui.

8. Levar um presentinho para a secretário no dia da secretária é um ato atencioso que mostra que você não é um zé mané. Levar presentinho todo dia e um dos presentes é um cartão de desconto no motel "Chega Mais", é assédio sexual!

9. Trabalhar feito um louco e jogar um truco ou um dominozinho na hora do almoço para desestressar não é nenhum crime. Inverter os horários não pega muito bem.

10. Ouvir uma músiquinha enquanto trabalha é até bom para concentração. Cantar e dançar junto pode irritar seus companheiros de trabalho. Principalmente se usar um deles em alguma das coreografias.


Vi no Besteirol

1 comentários:

Neto disse...

cara, eu te subestimei!
e vc me surpreendeu!

PARABÉNS!

xD

Template: Downs Brasil | Modificado por: Mateus Pontes & Menino Marcus